Image Map

Entrevista: Difficult to Accept


ENTREVISTANDO O AUTOR
by Modified Universe

Fanfic: Difficult to Accept
Autor(a): Candythe
Categoria: Bangtan Boys (BTS)


Sinopse: 

Jimin e Jungkook eram cantores mundialmente conhecidos, os conhecidos melhores amigos, embora muitas pessoas os vissem como um casal. Talvez aquelas pessoas não estivessem tão erradas, e vissem apenas o que eles não viram. 
Apenas os seus companheiros de banda, J-Hope, Jin, V, Suga e Rap Monster sabiam no começo, já que a fama pode atrapalhar por demais a privacidade de um relacionamento. Contudo, não demorou muito para que todos percebessem, e o mundo enlouqueceu.
A falta de apoio por parte de alguns fãs não era nada comparado ao que eles teriam que enfrentar, assim que os seus pais descobrissem, e talvez isso pudesse ameaçar o futuro deles para sempre.
"— Ah, eu quero você! — Jungkook soltou, pela terceira vez, dando uma leve risada, em seguida mordeu seu lábio inferior.
— Pare com isso — respondeu Jimin sorrindo. — Pare de ficar dizendo que você me quer."

LEIA A FANFIC AQUI

M: Porque recomenda esta Fanfic?
Leitor(a): Porque ela é maravilhosa! Primeiro: a fanfic tem meu OTP favorito, Jikook. Segundo: tem um tom realista, o que é difícil achar hoje em dia nas fanfics. Terceiro: a forma que ela narra a estória e perfeita! Quarto: a estória em si é encantadora. Super recomendo.



01 - Qual seu nome, idade e onde mora?


Carolina, tenho 18 anos e moro na Bahia.

02 - Onde ouviu falar pela primeira vez sobre Fanfic?
Há alguns anos atrás eu lia muitos imagines com o One Direction e começei a ler bastante a noite, foi quando um desses imagines me levou ao Social Spirit. Foi então que descobrir sobre as fanfics.

03 - Como foi seu primeiro contato com fanfic?

Até então eu não tinha a mínima noção do que era uma fanfic, pois só lia imagines, então quando conheci eu fiquei um pouco maravilhada com elas, e sempre procurava as finalizadas, pois detestava esperar atualizações.

04 - Ainda lembra qual foi a primeira história que você leu?

É meio difícil lembrar, pois foi a muito tempo atrás. Mas uma que li logo no inicio, quando estava tendo meus primeiros contatos com o mundo das fanfic, foi A Garota da Pizza, até hoje ela ainda não está finalizada, mas eu adoro essa fanfic e espero que a autora finalize ela, pois ela é maravilhosa. Não só a fanfic, mas a escrita da autora e o enrredo também.

05 - Quais fandons você geralmente lê e escreve?

Eu sempre li fanfics com One Direction, depois passei a me aprofundar em outros fandons, como o Big Time Rush, VIXX e BTS.

06 - Como é a escrita na sua vida? É apenas hobby ou você pretende levar isso profissionalmente?

Eu sinceramente não sei. Eu adoro escrever e tenho idéias bem legais, diria até ótimas para futuros projetos e confesso que até já cogitei a idéia de ser uma escritora. Já escrevi uma fanfic original na categoria terror/suspense...Mostrei a alguns conhecidos meus e eles me indicaram a publicar. Estou aprimorando ela, quem sabe um dia você não compra um livro meu? rsr' Tudo pode acontecer.

07 - Por qual motivo você escreve? O que te motiva?

Prazer. Eu escrevo porque gosto e acho que se você não faz uma coisa porque gosta/ama, sente prazer em fazer aquilo, posso te garantir que não dará certo, não vai ficar legal. As coisas só funcionam se você sente ela. Sempre que faço uma fanfic me imagino nela, como se estivesse dentro da história, vendo tudo que os personagens fazem, cada palavra, cada gesto... Tudo.

Acho que minha maior motivação para escrever sou eu mesma e algumas situações do dia-a-dia.
As vezes há dias em que as coisas fluem tão naturalmente que chego a fazer dois ou três capítulos, por outro lado existe dias que só escrevo metade de um capítulo, um capítulo e as vezes passo horas em frente ao computador e não sai absolutamente nada. Ainda bem que isso não tem acontecido, pelo menos não com Difficult to Accept.


08 - Na vida real, você costuma ler livros? Quais são seus preferidos? Quais autores você admira?

Sim, leio bastante. Na maioria das vezes são e-books.
Ah, tenho vários. Tantos que as vezes até esqueço, mas o meu livro/e-book favorito é Escola Noturna de CJ Daugherty. Esse livro é fantástico. Estou louca para ler a continuação dele.


09 - Como surgiu a ideia de escrever Difficult to Accept?

Não foi lá uma grande coisa, mas foi assim: Eu queria fazer algo diferente das fanfics que já havia lido então peguei uma coisinha ali e outra aqui e fui encaixando. Primeiro a aceitação dos pais e mídia perante a relação deles e o encaixe de alguns vídeos gravados por eles e/ou por terceiros e vou adicionando pensamentos, e o que "acontece" para que a câmera seja ligada e o que "acontece" quando ela é desligada.

10 - Como foi pra você trabalhar as relações entre os personagens? Teve algo de experiência pessoal em alguma delas?

Foi bem tranquila. Afinal eles já se relacionam muito bem. ;)
Não.


11 - Você considera Difficult to Accept um de seus melhores trabalhos?

Totalmente! Além de ser a fanfic que mais tenho favoritos e comentários, a que mais me sentir segura de postar. O enredo de Difficult to Accept me envolveu tanto que nem sei descrever o que sinto quando escrevo mais um capítulo e vejo que tantas pessoas estão gostado dela.

12 - Como foi o processo de criação dos personagens (a personalidade, comportamento e coisas assim)?

Como a fanfic é meio que passeada em fatos reais, foi bem fácil de formar uma personalidade e etc. Apenas adiciono algumas coisas que acho que será melhor para a fanfic.

13 - Que dica você daria para quem está começando?

Leia bastante. A leitura é algo muito importante para que você possa escrever qualquer coisa, não só uma fanfic.
Persista, pois para conseguir leitores não é tão simples. Você deve divulgar bastante e não desistir quando receber uma crítica ruim, pegue essa crítica e leve como uma dica para que você possa melhorar ainda mais sua fanfic.
E boa sorte.


14 - Como você lida com as críticas que eventualmente recebe? Já passou por uma situação que te fez pensar em desistir de escrever (essa ou qualquer outra fic)?

Não costumo receber muitas críticas, pelo menos não ruins. E garanto que quando recebo uma crítica levo para o lado positivo e tento melhorar ao máximo. E isso vai depender de como essa crítica for escrita, pois se não for algo muito relevante eu apenas ignoro e continuo fazendo o que realmente gosto.
Sim, é ainda estou cogitando a idéia de excluir duas fanfic minhas, não por críticas, mas sim por falta de idéias para continua-las.


15 - O que os leitores que vierem a conhecer seu trabalho podem esperar da sua história e de você como autora?

Surpresas. Quando todos estiverem pensando que algo vai acontecer ou que tudo está calmo, coisas podem acontecer
Para o bem ou para o mal.
Eles podem esperar o meu melhor, pois é isso que darei: o meu melhor para cada capítulo que fizer.


16 - Sobre projetos futuros, você já tem algum em mente? Pode contar um pouco pra gente?

Sim, tenho dois futuros projetos. Não pretendo divulgar pois não quero soltar spoilers sobre a fanfic, mas garanto que será algo bem legal.

17 - Porque escrever uma fanfic Jikook?

Porque sou fisurada no Jeon e no Park, então resolvir fazer uma fanfic com eles. O OTP é tão maravilhoso.

18 - Você pretende escrever mais fanfics com o BTS?

Sim, muitas. Tenho duas ideias de fanfic com o BTS, quem sabe dirante o "processo" de DTA eu escreva uma delas e post para vocês?

19 - Quem é seu bias/ultt do BTS?

Ahh, pergunta dificil kkk. Posso pular ela?
Vamos lá. Todos são meus bias, mas tenho um apego maior ao Jimin e ao biscoito, sabe? Então não sei qual descidir, posso ter dois ultt?


Agradecimentos da autora:

Gostaria de agradeçer a leitora que fez o pedido de entrevista. Fiquei ben surpresa quando vi que tinha uma entrevista para mim. Também gostaria de agradeçer a Dressa (Modified).


Entrevista realizada a pedido da leitora Judite.
Muito obrigada por ter aceito a entrevista, Candy!

Não se esqueçam de conferir um pouco do trabalho feito na Fanfiction. 
Até a próxima!

Com amor, Modified Universe


Nenhum comentário :

Postar um comentário